sexta-feira, dezembro 28, 2007

Viana inaugura a 20 de Janeiro nova biblioteca projectada por Siza

"A nova Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, desenhada por Álvaro Siza e orçada em cerca de 4,5 milhões de euros, será inaugurada no próximo dia 20 de Janeiro.Por enquanto, decorre o processo de transferência das várias colecções e arquivos que, no total, deverão rondar os 90 mil documentos. "Uma grande parte das colecções já foram transferidas, mas a documentação mais antiga está a ser alvo de um trabalho de higienização e desinfestação, que ainda demora", explicou ao DN Rui Viana, director da Biblioteca Municipal, actualmente a funcionar no edifício da Câmara.A inauguração da biblioteca marcará o início das comemorações dos 750 anos da atribuição do Foral ao município. Localizada no extremo nascente da nova Praça da Liberdade, a biblioteca é constituída por um volume elevado de cerca de 1850 metros quadrados, com um vazio central, no piso térreo, permitindo a vista sobre o rio Lima a quem se encontra a norte da estrutura obtida pela elevação do primeiro andar.O edifício contempla uma sala de trabalho, secção multimédia, vídeo e áudio, várias zonas de leitura, uma área para o Centro de Informação e Documentação Europeia e outra para auto-formação de adultos e aprendizagem à distância. Os mais novos contam também com um espaço próprio (que não colide com a área de leitura), com uma sala do conto, atelier de expressão e zonas de leitura.Quanto ao espólio, é constituído por três fundos: um de livros de consulta livre; outro de periódicos, entre os quais alguns centenários, e um outro de colecções mais antigas, este de acesso mais limitado. Em curso está já o processo de transferência dos cerca de 90 mil volumes que, a 2 de Janeiro, obrigará ao encerramento das actuais instalações.O serviço, acrescentou o director da centenária biblioteca pública de Viana do Castelo, será suspenso até ao dia 20, passando depois a funcionar já no novo edifício, na marginal do rio Lima - que oficialmente abriu portas em Setembro para acolher a reunião informal dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE. No piso superior da nova infra-estrutura ficam as três salas principais, designadamente a Sala Luís de Camões, voltada ao rio, que está apetrechada com uma mesa oval em bétula com 32,5 metros de perímetro, executada pelo marceneiro José Simões, sob projecto de Siza, e que serviu de base à reunião dos 27 ministros, a 7 e 8 de Setembro"

1 comentário:

CresceNet disse...

Gostei muito desse post e seu blog é muito interessante, vou passar por aqui sempre =) Depois dá uma passada lá no meu site, que é sobre o CresceNet, espero que goste. O endereço dele é http://www.provedorcrescenet.com . Um abraço.